Restaurações em cerâmica tipo Onlay ou Inlay

ON LAY 1

INLAYS e ONLAYS, também chamadas de restaurações protéticas, são pequenos fragmentos em cerâmica que substituem a restauração convencional normalmente feita em resina ou amálgama.

As restaurações ON LAY cobrem as cúspides dos dentes, já as IN LAY são confeccionadas dentro do limite do dente, sem envolver cúspides. A escolha de uma ou outra dependerá de quanto dente hígido sobrou.

Este tipo de restauração é indicada para recuperar uma maior extensão da estrutura do dente perdido, incluindo as pontas de cúspides. Ou seja, sempre que se tem uma grande perda da estrutura dental, e é preciso priorizar o reforço do remanescente dental e quando se busca maior naturalidade e estética na restauração, pois a ONLAY/INLAY é uma peça única, sem emendas e colada com cimento resinoso na cavidade do dente; o que gera além de um reforço dental, uma maior adesão e vedação na união da restauração com o dente.

Cada vez mais comuns no consultório odontológico, as cerâmicas são excelente opção para reabilitação dentária indireta (quando a restauração é feita em um forno de alta temperatura, no laboratório de prótese, para depois cimentada ao dente).

As restaurações confeccionadas em cerâmica apresentam diversas vantagens em relação às resinas convencionais, pois reúnem algumas das principais qualidades das resinas, como a capacidade de adesão ao dente, com as excelentes características das cerâmicas: estabilidade de cor (não ficam manchadas com o tempo), alta resistência e durabilidade, excelente lisura superficial (não ficam porosas), resistência à abrasão (não se desgastam), baixo acúmulo de placa bacterina, além de coeficiente de expansão térmica, rigidez e propriedades ópticas semelhantes ao esmalte dental.

Uma restauração em cerâmica tem durabilidade bastante superior às de resina composta (feitas diretamente na boca do paciente).

 

 

 

Autor: CD Me. Renata Ragagnin Zago (Especialista em Prótese Dentária e Mestre em Dentística Restauradora)

 
Comentários

Nenhum comentário ainda.